Decodificação Biológica

A Biodecodificação ou Decodificação Biológica das Patologias surgiu a partir dos estudos de vários pesquisadores da saúde e do comportamento humano, como o médico Alemão Ryck Geerd Hamer, o investigador Henry Laborit, Marc Fréchet e Groddeck que demonstraram com seus estudos que as doenças não existem enquanto desordens da natureza e que ataca o indivíduo sem motivo ou sentido aparente, mas que são programas biológicos carregados de sentido. A doença possui um sentido; é um programa biológico de sobrevivência que foi desenvolvido ao longo da evolução da espécie com o intuito de resolver os conflitos que afetam a todo ser vivo cotidianamente.

A Biodecodificação entende que os sintomas tanto físicos quanto comportamentais surgem através de um conflito que o indivíduo não conseguiu resolver, então, o cérebro encontra uma solução para retirar o indivíduo do conflito e manter a sua sobrevivência, neste sentido, o objetivo da Biodecodificação é encontrar o Biochoque e buscar soluções viáveis e o mais prático possivel, contanto que o cérebro entenda que de fato não há mais conflito para retornar a sua homeostase original.